Arquivo da tag: referencias

San Sen Casa – México

Hoje vou fugir um pouco do padrão do tópico “referências” que estamos acostumadas, pois a casa abaixo foi escolhida por causa da arquitetura, e não somente pelo seu interior. Localizada numa floresta na área do Valle de Bravo – México, … Continue lendo

Hannah
Hannah
Esta entrada foi publicada em Referências e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Luz e aconchego em Paris

O velho ditado “casa de ferreiro, espeto é de pau” não se aplica a Patrick Gilles e Dorothee Boissier. O casal à frente da renomada firma de arquitetura e design Gilles & Boissier, habita um apartamento apaixonante de 300m² em … Continue lendo

Renata
Renata
Esta entrada foi publicada em Referências e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Bachelor Pad

Localizado nos andares de baixo de uma townhouse no Soho, o imóvel pertence a um executivo do ramo hoteleiro e teve a reforma comandada por Mark Zeff.  Como um típico bachelor pad, o projeto tem uma paleta de cores sóbria, … Continue lendo

Renata
Renata
Esta entrada foi publicada em Referências e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Um cantinho quente na Suécia

O apartamento escolhido para hoje, apesar de estar localizado em um país muito frio e de decoração um pouco diferente da que estamos acostumados, me encantou bastante. Tenho que admitir que o que mais me chamou atenção foi a sala … Continue lendo

Hannah
Hannah
Esta entrada foi publicada em Referências e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Apto em Salvador – Brasil

O apartamento de hoje, que foi escolhido à dedo, é um projeto de reforma da arquiteta Joana Requião.   O duplex de 245 m² é uma jóia rara, pois possui um pé direito de 3m de altura e uma bela … Continue lendo

Hannah
Hannah
Esta entrada foi publicada em Referências e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

San Sen Casa – México

Hoje vou fugir um pouco do padrão do tópico “referências” que estamos acostumadas, pois a casa abaixo foi escolhida por causa da arquitetura, e não somente pelo seu interior.

7 copy (1)

Localizada numa floresta na área do Valle de Bravo – México, a casa que é toda feita em madeira e vidro, foi projetada com uma estrutura de aço que flutua sobre o chão. Seu sistema de construção foi todo pensado de acordo com a iluminação, pontos de vista e orientações, ou seja, de acordo com o bem estar do cliente.

A integração dos ambientes que funcionam de forma independente, é feita através de circulações muito amplas, exploradas tanto no interior da casa quanto no exterior.

1 (1)Na foto acima vocês podem observar o que disse anteriormente sobre a estrutura de aço que flutua sobre o chão. Apesar da casa ser bem grande, essa solução na arquitetura dá uma impressão de leveza, e até mesmo de camuflagem, pois a estrutura cinza, quase que passa despercebida com o fundo verde.

2Impressionante como o vidro e a madeira foram utilizados de forma harmônica na construção. Como vocês podem perceber, a ideia de leveza e camuflagem continua em questão.

3Lembram das circulações amplas internas e externas que citei na apresentação da casa? Elas são exploradas no exterior, em partes como ambientes, e em partes apenas como espaço de passagem.4

Todos os ambientes são muito claros e iluminados. Isso mostra a preocupação dos arquitetos com a exploração da luz natural, o que é imprescindível na hora de projetar.

Os corredores internos bem largos são responsáveis pela integração de todos os “cantos” da casa.

5Sempre aparente, a estrutura da casa dá uma riqueza imensa na construção, concordam comigo? Sou suspeita para falar do tema “estrutura aparente”, mas as vigas e os pilares em aço, e o teto em madeira, além de super bonito e diferente, deixa o ambiente mais chamoso ainda.

6Gostaram? Eu AMEI! Esse piso em madeira não ficou lindo?

Adoro a combinação de aço com madeira, e vocês?

 

 

by

Hannah
Hannah

Luz e aconchego em Paris

00 novo

O velho ditado “casa de ferreiro, espeto é de pau” não se aplica a Patrick Gilles e Dorothee Boissier. O casal à frente da renomada firma de arquitetura e design Gilles & Boissier, habita um apartamento apaixonante de 300m² em Paris.

Com pé direito alto, janelas generosas e clássicas boiseries originais, o imóvel já apontava todo o seu potencial em formar espaços arejados e amplos. OS designers, no entanto, queriam mais. E após a reforma, que manteve alguns elementos e incorporou outros, o resultado foi uma perfeita harmonia entre o clássico e o contemporâneo, o rebuscado e o minimalista. O apuro visual que se vê nesse projeto é realmente raro, nenhum objeto esta ali por acaso, é possível perceber que tudo foi planejado minuciosamente, do maravilhoso piso de madeira com desenho espinha de peixe ao quadro apoiado no chão. Como não podia deixar de ser, grande parte do mobiliário foi desenhado pelos proprietários, como a mesa de jantar e o enorme pendente do hall de entrada.

Vamos ver:

12 (2)34568detalhes07

Fonte Yatzer

Renata
Renata

Bachelor Pad

Localizado nos andares de baixo de uma townhouse no Soho, o imóvel pertence a um executivo do ramo hoteleiro e teve a reforma comandada por Mark Zeff.  Como um típico bachelor pad, o projeto tem uma paleta de cores sóbria, e poucas miudezas e detalhes. Para compensar, texturas não faltam: madeira, espelho, couro, pele e mármore convivem em harmonia dando um ar glamoroso e masculino ao apartamento.

A escada segmenta o primeiro andar: de um lado uma sala de estar bem ao pé da rua, do outro um espaço mais intimista aonde cozinha, sala e terraço se comunicam. Apesar dessa divisão, a amplitude é garantida por uma linha traçada a partir da entrada da onde se pode avistar até os fundos do apartamento.

Os quadros e obras de arte não passam despercebidos, são fortes e cheios de personalidade! Todos esses componentes resultaram em um espaço vibrante que exala masculinidade.

 

Fotos: Mark Zeff

 

Renata
Renata

Um cantinho quente na Suécia

O apartamento escolhido para hoje, apesar de estar localizado em um país muito frio e de decoração um pouco diferente da que estamos acostumados, me encantou bastante. Tenho que admitir que o que mais me chamou atenção foi a sala principal, a cozinha e o banheiro do casal. Achei de muito bom gosto.

Além disso, gostei bastante da importância que os donos do apartamento deram para a questão de aquecimento do local e para o aproveitamento do espaço. É imprescindível procurar se adequar sempre as necessidades climáticas e nunca desperdiçar espaços livres.

 

Vejam o que acham:

Sala principal e cozinha: sem dúvidas são os meus ambientes preferidos no apto.


Eu sinceramente não amei muito a decoração dessa sala do segundo pavimento. Coloquei aqui, pois como já disse anteriormente, acho muito interessante que os donos tenham aproveitado os ambientes mesmo que com o pé direito um pouco prejudicado. Muito aconchegante, mas faltam alguns detalhes decorativos para dar um UP! Que tal uma cor? Nem que seja somente no tapete. Uns quadros alegres, ou até mesmo mais objetos para dar uma bossa! Fica a dica.

 

 

 

 

 

 

 

 

by

Hannah
Hannah

Apto em Salvador – Brasil

O apartamento de hoje, que foi escolhido à dedo, é um projeto de reforma da arquiteta Joana Requião.

 

O duplex de 245 m² é uma jóia rara, pois possui um pé direito de 3m de altura e uma bela vista para o Mar da Barra em Salvador.

A arquiteta decidiu derrubar paredes e integrar ao máximo os espaços, assumindo com atitude as vigas aparentes, os pilares e a escada de estrutura metálica com degraus de concreto revestidos de cimento branco, que foi projetada para ser um elemento escultórico.

Preparem o fôlego, afinal, o apartamento que vocês verão abaixo foi reformado e decorado com muita leveza, delicadeza e bom gosto. A arquitetura se preocupou em abusar do branco para trazer fluidez e ousou no “quebra quebra”, abrindo os ambientes para enfatizar ainda mais a paisagem. Devido a isso, as portas camarão foram exploradas com muito vigor e sabedoria.


Uma vista dessas não faz mal a ninguém…

 

 

O que acharam do ap? Gostaram?

 

 

 

 

 

 

Fotos retiradas do site da casa abril by fotógrafo Marco Antonio

Hannah
Hannah